terça-feira, 31 de agosto de 2010

Encontrar

Ela acordou e ele estava ali. Ela não sabia de onde ele tinha vindo e nem como começou. Ela só sabia de uma coisa: Aquele sentimento estava dentro dela e por mais que tentasse tirá-lo, nada iria adiantar. A mistura de angústia e ansiedade começara a fazer parte do seu dia a dia. Com quem ela falaria sobre isso? Quem a entenderia? Fechava os olhos e via o inalcançável de perto, mas ao abrir, tudo ficava distante de novo.

Sempre gostou de sonhar, mas agora a realidade começava a invadir seus melhores delírios. Tinha pouco tempo para resolver uma vida inteira. Sentia falta de algo que nunca existiu. Seus olhos então anoiteceram. Ficou paralisada por alguns minutos, mas se levantou, pois o relógio já avisava que era hora de ir.

Viu no espelho uma pessoa que parecia adormecida. Olhou para ela mesma como uma estranha conhecida. Entendeu que era hora de acordar. Decidiu que era o momento de realizar. Seus olhos viraram dia novamente. Percebeu que não era mais necessário fugir. Compreendeu que precisava sim encontrar.

Aline Calamara.
OBS: A ilustração é da artista Courtney Orquist.

5 comentários:

  1. Aline, bom dia!

    E que lindo esse seu texto, minha querida.

    E como, a gente precisa se encontrar...parar de fugir da gente mesmo (Muitas vezes).

    Perfeito isso.

    Te acompanho!

    Um abração meu!

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline!
    Que delícia de texto! Identifiquei-me tanto, tanto com ele... você não faz ideia.
    Adorei seu blog e estou seguindo.
    BjO*

    ResponderExcluir
  3. 'Tinha pouco tempo para resolver uma vida inteira'. Você descreveu muito bem esse sentimento que às vezes nos invade. Como você colocou, é uma mistura de 'anoitecer' e necessidade de 'acordar'. Tão vital, que não podemos desperdiçá-lo. É como um 'start' para o tempo da mudança. Parabéns pelo texto, que desperta o desejo de acordar também. beijos, Raquel

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada pelo elogio de todas vocês. Fico muito feliz.

    OBS Raquel: Menina! Mesmo quando escreve um comentario, você arrasa! Sou sua eterna fã.

    ResponderExcluir
  5. Às vezes é preciso deixar de fugir
    e se encontrar.

    ResponderExcluir