sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Fim de semana...

Hoje começa um dos eventos que mais gosto na cidade maravilhosa: Festival de cinema do Rio. Todo ano é assim: pego a programação e já começo a marcar os filmes que pretendo assistir. Se eu gostar bastante de algum, postarei aqui. Para encerrar esta semana, escolhi um texto de uma das escritoras e poetas que mais gosto nessa vida: Clarice Lispector. Um ótimo final de semana para todos.

“Sou os brinquedos que brinquei, as gírias que usei, os nervosos e felicidades que já passei. Sou minha praia preferida, Garopaba, Maresias, Ipanema, sou os amores que vivi, as conversas sérias que tive com meu pai: Eu sou o que me faz lembrar!!!

Sou a saudade que sinto, sou um sonho desfeito ao acaso, sou a infância que vivi, sou a dor de não ter dado certo, sou o sorriso por tudo que conquistei, sou a emoção de um trecho de livro, da cena de filme que me arrancou lágrimas: Eu sou o que me faz chorar!!!

Sou a raiva de não ter alcançado, sou a impotência diante das injustiças que não posso mudar, sou o desprezo pelo que os outros mentem, sou o desapontamento com o governo, o ódio que isso tudo dá. Sou o que eu remo, sou o que eu não desisto, sou o que eu luto, sou a indignação com o lixo jogado do carro, a ardência da revolta ao ver um animal abandonado: Eu sou o que me corrói!!!

Eu sou o que eu luto, o que consigo gerar através de minhas verdades, sou os direitos que tenho e os deveres a que me obrigo, sou a estrada por onde corro, sou o que ensino e, sobretudo, o que aprendo: Eu sou o que eu pleiteio!!!

Eu não sou da forma como me visto, não sou da forma como me comporto, não sou o que eu como, muito menos o que eu bebo. Não sou o que aparento ser: EU SOU O QUE NINGUÉM VÊ!!!”

Poema: Clarice Lispector.

6 comentários:

  1. Oi, Xará!

    Te vi no blog do David. Já tô te seguindo, e adicionei seu blog ao meu, tudo bem?

    Se quiser visitar meu cafofo virtual também, é o www.malemolenciaemserie.blogspot.com

    Abraço,

    ResponderExcluir
  2. Maravilha... adoro isso! Quando os blogs viram um point de relacionamento!!
    Aline! Adoro Clarice tambem... costumo ler clarice com caneta marca texto... pois existe muita coisa para ser lida na posteridade!

    Vá passando o relatório dos filmes pra ente saber a quantas anda o festival!!

    Beijos Aline!

    ResponderExcluir
  3. "(...) EU SOU O QUE NINGUÉM VÊ."

    Maravilha isso. Já valeu o texto. Bem Clarice mesmo.

    Beijos. Ótimo fim de semana e aproveite ao máximo o festival.

    ResponderExcluir
  4. "Não sou o que aparento ser: EU SOU O QUE NINGUÉM VÊ!!!”

    Belíssimo!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Aline, queridaaaaaaaa!

    Eu tbm sou o que ninguém vê!!

    Lindo aqui, como sempre!!!

    Um abração meu!!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá menina, gostei do blog, pena que vc ta meia sumida daqui né!

    Bj

    ResponderExcluir