segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Me atirando sem ter medo

Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.


Luís Fernando Veríssimo.

2 comentários:

  1. Não existe esse negócio de meio termo, ou é, ou não é, apenas faça, não fuja, porque você já perdeu tempo demais fugindo antes, e agora o tempo é seu inimigo...

    que lindo amiga muitos beijos

    ResponderExcluir
  2. Adoro suas visitas Sayuri! Eu realmente já perdi tempo demais e preciso correr atrás do que quero. Se não for recíproco, encontrarei a reciprocidade em outro lugar um dia.
    Obrigada pelo seu carinho sempre!

    ResponderExcluir