quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Atrás de si mesma

E então ela abriu os olhos, se levantou e olhou para o espelho. Perguntou para si mesma: O que você está fazendo?  Por que continua insistindo e pedindo? Então, ela percebeu que já tinha ido longe demais. Já havia dado tudo o que tinha, se livrado de todo orgulho e apostado todas as fichas. Em resposta, ela obteve apenas o vazio, a incerteza e o desprezo. Se sentiu uma pedinte esperando para receber ou não uma migalha de esperança. Viu que estava cansada e que era hora de parar. Hora de descansar. Iria parar de olhar para uma só direção e voltaria a enxergar o mundo como um todo. Não aguentava mais a dor da rejeição. 

Entendeu que não era ela quem perdia algo, afinal, se precisamos viver correndo atrás de uma pessoa ou de alguma coisa, é porque não a temos de verdade. Decidiu pela primeira vez, que iria correr atrás de si mesma. 

7 comentários:

  1. Se "ela" for você, eu só digo uma coisa: o mundo é muito grande e tem muito a oferecer para mulheres lindas, inteligentes e especiais como você.

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto minha querida. Precisar estar sempre atrás de alguém para fazer com que ela volte ou fique ao seu lado, não é bom. Além disso, mulheres como você, não precisam passar por isso nunca.
    Beijos de quem te gosta muito. Marcita.

    ResponderExcluir
  3. Acabei de receber sua atualização de blog. Sou seguidora e recebo as atualizações. Amei o texto. Parece que foi feito para mim. Meu momento. Adorei. Adoro tudo que escreve. As vezes precisamos correr atras de nós mesmas mesmo.
    Beijos
    Angela

    ResponderExcluir
  4. Quando "ela" voltar a enxergar o mundo como um todo, "ela" poderia olhar para as lentes deste fotógrafo aqui. Um fotógrafo que durante um lançamento de livro, conheceu uma das pessoas mais encantadoras que já viu. Alguém que dificilmente se encontra igual por aí.
    Beijos
    P.B.F.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto. Gosto quando está inspirada. Você inspirada, inspira as pessoas em volta de vc.
    beijos
    Sasá

    ResponderExcluir
  6. "Ela" tem que se olhar no espelho e notar de uma vez por todas a mulher linda que é. A pessoa incrível que se tornou. A companhia que a maioria sempre sonhou. O resto é resto.
    Beijos, abraços e muita cerveja.
    Rafael T.

    ResponderExcluir
  7. Gostei Aline, hoje eu postei a continuação de uma história um pouco parecida, mas só um pouquinho.

    http://interiorem.blogspot.com.br/2013/01/palhacada.html

    ResponderExcluir