terça-feira, 30 de abril de 2013

Exibicionistas da solidão


Algumas semanas atrás, eu li um artigo da escritora Martha Madeiros para a revista do jornal O Globo e que me inspirou esse post de hoje. Ela falava sobre um tipo de pessoa que eu costumo chamar de "exibicionistas da solidão". São pessoas que só olham para si mesmas, se acham vítimas de tudo e de todos, mas que na verdade, o que mais fazem é magoar os que mais os amam. Falam o que querem, sem se importar com o sentimento alheio e quando chega a vez de ouvirem, eles não aceitam. Gritam, dão as costas, vão embora, não aceitam. Querem ser compreendidos, mas não possuem paciência para compreender. Quando surge um problema, simplesmente dão as costas.  É mais fácil. 

São cegos e muitas vezes não conseguem perceber quem realmente os ama. São egoístas com o coração alheio. Com alguns poucos amigos (que não os conhecem tão bem) são ótimas pessoas. São doces, calmos, bancam o motorista, o engraçado, a companhia perfeita, mas na verdade são usados e não percebem isso. Jogam fora quem os amava de verdade e se aproximam cada vez mais da solidão. Preferem guardar o rancor, ao amor. Preferem nunca passar por cima do orgulho. Preferem vendar o próprio coração. São pessoas que exigem nossa paciência, compreensão, perdão, mas que dificilmente nos darão isso um dia. Quem só olha para si mesmo, nunca vai conseguir enxergar o outro. Nunca vai mudar. Se você está lendo esse texto e conhece ou já conheceu alguém assim, sabe do que estou falando. Siga sua vida e verá que o mundo é grande demais para ficarmos paralizados diante da insensibilidade. 



quarta-feira, 24 de abril de 2013

Escrivaninhas

Voltando aos posts de decoração (adoro), resolvi postar sobre algo que durante alguns meses foi minha busca: a escrivaninha ideal. Eu queria uma escrivaninha ou mesa, onde eu pudesse criar um espaço para estudar, escrever, trabalhar etc. Depois de muita busca, encontrei a minha. Hoje eu posto aqui, várias dicas de espaços bem bacanas para quem estuda ou trabalha em casa. Espero que gostem.

Para estudar ou trabalhar












Transformando espaços 
 
 
 
 

MAIS!!!

Espaços coloridos!
 

Para as crianças:
  




segunda-feira, 15 de abril de 2013

E se você tivesse uma segunda chance?

Zapeando canais de TV ontem, eu encontrei um filme chamado "E e se você tivesse uma segunda chance?". Acabei assistindo apenas pelo título ter me chamado atenção e me fiz a pergunta do filme. E você? 

E se você tivesse uma segunda chance? O que faria diferente? Mudaria algo? Voltaria no tempo e não jogaria fora um grande amor? Pediria desculpas a uma pessoa que magoou? Escolheria outra profissão? Teria ficado ao invés de desistir quando algo ficou difícil? Desistiria de brigas por coisas pequenas? Teria feito a viagem dos seus sonhos? Correria atrás do que realmente quer? Abraçaria alguém que já se foi? Daria mais valor a quem muito te amou ao invés de dar as costas? Cuidaria melhor da sua saúde? Teria aceitado aquele novo emprego? Teria estudado mais?

O que a maioria das pessoas não percebe é que ainda dá tempo. Não importa se você tem 20, 30 ou 40 anos. Não deixe que o orgulho ou o rancor te impeçam de ir atrás do amor. Coração não guarda vaga e um dia sim, poderá ser tarde demais. Se matricule num curso que sempre quis fazer, independentemente de ser cinema ou informática. Arranje tempo para isso. Volte a estudar, mesmo que o assunto não tenha nada em comum com a sua profissão. Junte dinheiro para fazer a viagem dos seus sonhos. Vai valer a pena. Abrace seus pais, pois eles não estarão aqui para sempre. Ame para ser amado. Perdoe para ser perdoado e compreenda para ser compreendido. Leia, cuide-se, se exercite. Valorize quem sempre correu atras de você, se preocupou e quis estar ao seu lado. O resto é só companhia para papo de botequim. Não seja um doce com quem não se importa de fato e ríspido com quem lhe ama, só porque a pessoa irá lhe perdoar. Isso é maldade. O perdão também cansa de perdoar. Não perca tempo com futilidades. Veja mais arte.

Quando você envelhecer, irá desejar ter feito tudo isso. Ter corrido atrás de quem te amou, ter valorizado quem mereceria, ter feito o que gostava, ter acumulado mais conhecimento e ter ouvido mais os conselhos dos seus pais. Ainda dá tempo. Faça a sua segunda chance. 

terça-feira, 9 de abril de 2013

AMOUR - Para ver e sentir

Minha primeira postagem após esse período longe do blog será uma indicação de filme. Talvez por eu estar tão envolvida com filmes, curtas e documentários na vida pessoal, o cinema tem voltado a me atrair muito. Essa semana eu assisti ao tão aclamado filme “Amour”.

Já fazia tempo que eu queria ver esse filme. Teve cinco indicações ao Oscar, entre eles, o de melhor filme e ganhou a Palma de Ouro em Cannes. Dirigido pelo alemão Michael Hanake, o filme “Amour” conta a história de uma relação que precisa superar certas dificuldades tendo apenas o amor como arma. É um filme devastador sobre o fim de vida e do amor sem fim. Vale a pena assistir. Comovente e delicado sem ser piegas e muito menos chato como a maioria deve pensar. Um filme para ver e sentir.

Na trama conhecemos um casal chamado Anne e Georges, professores de música aposentados que tem uma filha que mora no exterior com sua família. Certo dia, Anne tem um AVC e fica com grandes sequelas, e todo o amor dessa relação (marido e mulher) é testado de forma crua e ao mesmo tempo bela pelo cineasta alemão. É comovente ver como o amor pode superar tudo, quando se tem respeito um pelo outro. Quando não se desiste por causa das dificuldades. As cenas em que Georges cuida de sua esposa Anne e tenta ao máximo manter a dignidade da amada intacta, são de emocionar qualquer um. Todos iremos envelhecer um dia e esse filme também trata dessa questão sem apelar, sem perder o ritmo.  

Para saber um pouco mais, é só clicar no link acima e assistir ao trailer legendado em português. 


terça-feira, 2 de abril de 2013

Novidades

Este post é pra dizer que apesar de ter ficado um tempo distante do blog, em breve estarei voltando com muitas novidades. Devido a um período de mudanças em minha vida,  as atualizações ficaram  lentas, mas em breve voltarão a acontecer. Muitas novidades estão por vir como dicas de viagens bem bacanas, programas culturais e literatura, além das já conhecidas dicas de decoração. Como venho me aventurando na culinária (pois é...rs) também postarei aqui algumas receitas testadas por mim. Um grande abraço a todos!