segunda-feira, 15 de abril de 2013

E se você tivesse uma segunda chance?

Zapeando canais de TV ontem, eu encontrei um filme chamado "E e se você tivesse uma segunda chance?". Acabei assistindo apenas pelo título ter me chamado atenção e me fiz a pergunta do filme. E você? 

E se você tivesse uma segunda chance? O que faria diferente? Mudaria algo? Voltaria no tempo e não jogaria fora um grande amor? Pediria desculpas a uma pessoa que magoou? Escolheria outra profissão? Teria ficado ao invés de desistir quando algo ficou difícil? Desistiria de brigas por coisas pequenas? Teria feito a viagem dos seus sonhos? Correria atrás do que realmente quer? Abraçaria alguém que já se foi? Daria mais valor a quem muito te amou ao invés de dar as costas? Cuidaria melhor da sua saúde? Teria aceitado aquele novo emprego? Teria estudado mais?

O que a maioria das pessoas não percebe é que ainda dá tempo. Não importa se você tem 20, 30 ou 40 anos. Não deixe que o orgulho ou o rancor te impeçam de ir atrás do amor. Coração não guarda vaga e um dia sim, poderá ser tarde demais. Se matricule num curso que sempre quis fazer, independentemente de ser cinema ou informática. Arranje tempo para isso. Volte a estudar, mesmo que o assunto não tenha nada em comum com a sua profissão. Junte dinheiro para fazer a viagem dos seus sonhos. Vai valer a pena. Abrace seus pais, pois eles não estarão aqui para sempre. Ame para ser amado. Perdoe para ser perdoado e compreenda para ser compreendido. Leia, cuide-se, se exercite. Valorize quem sempre correu atras de você, se preocupou e quis estar ao seu lado. O resto é só companhia para papo de botequim. Não seja um doce com quem não se importa de fato e ríspido com quem lhe ama, só porque a pessoa irá lhe perdoar. Isso é maldade. O perdão também cansa de perdoar. Não perca tempo com futilidades. Veja mais arte.

Quando você envelhecer, irá desejar ter feito tudo isso. Ter corrido atrás de quem te amou, ter valorizado quem mereceria, ter feito o que gostava, ter acumulado mais conhecimento e ter ouvido mais os conselhos dos seus pais. Ainda dá tempo. Faça a sua segunda chance. 

9 comentários:

  1. Oi Aline
    Para mim não dá mais tempo, pois se eu tivesse uma segunda chance, teria um relacionamento melhor com meu pai, que já não está mais aqui nesse plano. Isso vai ficar para uma próxima incarnação.
    Bjux

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você ainda terá a oportunidade de ter uma melhor relação então com outras pessoas que estão bem próximas de você. Mãe, irmãos, um amor. Enfim, sempre é tempo de recomeçar.Um dia você e seu pai se reencontrarão.

      Excluir
  2. Aline, adorei seu texto.Inspirada como sempre. Inspirada e inspirando todos nós. Lindo texto, sábio conselho. Devemos alegrar nosso coração e dar valor ao que realmente importa. E se alguém não nos der valor, azar para essa pessoa. Outras virão e serão presenteadas com a nossa companhia. Eu penso assim. Pelo, visto você também. Adoro seu blog.
    Um abraço
    Luciana Alves.

    ResponderExcluir
  3. Para pensar... Bom texto menina... Você é f..
    Beijos
    Rafael T.

    ResponderExcluir
  4. Olá Srta! Eu estava precisando ler algo assim! agradecido! abraços

    ResponderExcluir
  5. Amei esse texto Aline!!Era o que eu precisava ler nesse momento. Muito bom. As vezes esquecemos que o tempo passa e deixamos que orgulho, rancor ou medo nos impeça de corre atrás do que realmente precisamos.
    Abraços
    Rose Santos

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito! E não devemos esquecer também das pessoas que já tiveram suas segundas, terceiras, quartas e mais chances e mesmo assim cometeram o mesmo erro. Foram egoístas, deram as costas e magoaram novamente quem lhes deu a mão mais uma vez. Essas não merecem nada.
    Bjs
    Sasá.

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post novo. Lindo texto. Agora que vi sua foto de perfil nova. Linda demais! Parabéns sempre!
    Bjs
    Marcelo F.

    ResponderExcluir
  8. Gente como eu não merece segunda chance...
    EHS

    ResponderExcluir